Horário de atendimento:
Segunda a Sexta-feira das 07h as 19h

Telefone:
(27) 3205-5858

Dicas

Diabetes é um dos principais fatores de risco para doenças do coração


As características da vida moderna estão contribuindo para o aumento do número de casos de diabetes tipo 2. A doença, que afeta a forma como o corpo metaboliza a glicose, é mais comum em pessoas com mais de 40 anos, acima do peso, sedentárias e sem hábitos saudáveis de alimentação. A hereditariedade também é um aspecto muito importante no seu desenvolvimento. O diabetes tipo 2 é considerado um dos principais fatores de risco para doenças do coração.

O diabetes agride os grandes vasos sanguíneos levando à sua obstrução (aterosclerose) e consequentemente ao mau funcionamento de órgãos vitais como o coração e o cérebro. Um homem diabético, por exemplo, tem 40% a mais de chances de risco de sofrer um infarto do que um homem que não tem diabetes. O número sobe quando são mulheres e pode chegar a 50%.

E para piorar, os sintomas do tipo 2 podem ser mais brandos que os tipo 1, dificultando um diagnóstico precoce que ajudaria a prevenir complicações. Os primeiros indícios são:

  • Infecções frequentes;
  • Feridas de difícil cicatrização;
  • Visão embaçada;
  • Formigamento nos pés e furúnculos;
  • Vontade de urinar frequente;
  • Fome frequente;
  • Sede constante.

Manter o tratamento adequado e adotar um estilo de vida mais saudável é fundamental para baixar os níveis de glicose no sangue e evitar complicações. Inclua os seguintes hábitos na sua vida:

  • Atividades físicas;
  • Controle da dieta;
  • Redução do consumo de álcool;
  • Controle do estresse;
  • Parar de fumar;
  • Verificar os níveis de glicose no sangue (glicemia) regularmente.

    [Fonte: Minha vida]